domingo, 6 de outubro de 2013

MEUS OLHOS




O que são os olhos
senão a própria vida?
Não existe cegueira
se posso ver com os olhos da alma.

Meus olhos espelham o espírito
que busca o infinito
que tateia o inusitado
que fenece e renasce.

Meus olhos
não se apagam
mesmo diante da escuridão.



Pedro Paulo de Oliveira.
Todos os direitos reservados
Reprodução permitida, desde que citada a autoria.

Imagem: Google.
Postar um comentário