quarta-feira, 6 de julho de 2016

MULHER



Nascestes da água
da vida
e dá a vida
a paixão
a dor.


Inventastes o amor
de todas as formas
no teu ventre
que arde a vida
terra fértil
vai a semente
do prazer incontido
que perpetua
a criação
divina
tragédia
humana.

E no fim do mar
areia, sal, luz
a vida plena
de um corpo
estendido
voluptuoso
da sereia
dos sonhos
de todos
os homens.

Pedro Paulo de Oliveira - 05 de Julho de 2016
Postar um comentário