domingo, 26 de junho de 2016

PENSAMENTOS... MOMENTOS... OU, TALVEZ, CONSTATAÇÕES



HOJE CONCLUI O SEGUINTE:
"A VERDADE É COMO O SAL. A SUA FALTA A TUDO DESTEMPERA, ADOECE-NOS E PODE NOS LEVAR À MORTE".





AMOR PLENO E SEM MEDIDA
O amor nunca pôde ser medido. É uma coisa inerente aos seres humanos e por essa razão não há como mensurá-lo. Só existe a possibilidade de senti-lo e cada um o sente da sua forma, na intensidade da vida e dos valores que apreendeu durante a sua existência.
Pedro Paulo de Oliveira. 26 de Junho de 2016

VIDA QUE VAI...
Não chores pelas derrotas ou pelo tempo perdido. Somos isso em vida... Tudo é instante, é o tempo que nos assalta e nos leva impregnando-nos de lembranças com a força que tem, implacável. Depois, olhamos para trás e descobrimos quem somos. Ai, é o momento de esperar - sem medo - por que a vida passa para todos nós.
Pedro Paulo de Oliveira - 23 de Junho de 2016


O amor, a compaixão e a dor... Só conseguimos transformar as pessoas e o mundo tomados por esses sentimentos. Pode ser apenas por um instante. Mas, é o que conta para sempre.
Pedro Paulo de Oliveira - 23 de Junho de 2016


TUDO PODE SER
Pode ser...
tudo pode ser
se o sonho existir
se a minha alma for grande
se eu persistir
se eu deixar o medo
se eu seguir o caminho
sem saber o final...
tudo pode ser
se eu viver
se eu amar.
Pedro Paulo de Oliveira - 22 de Junho de 2016

O SILÊNCIO DE TODOS NÓS
O silêncio nos ensina a ver a verdade dentro de nós. Olhamos para nós mesmos e descobrimos a grandiosidade do ser humano, capaz de transformar a vida, capaz de ultrapassar todos os limites e de transformar os sonhos em realidade.
Pedro Paulo de Oliveira 10 de Junho de 2016




Postar um comentário