terça-feira, 8 de janeiro de 2008

UM NOVO ANO SEM SONHOS

Neste novo ano eu não quero sonhos, quero todos os seres humanos com um só pensamento: "A PAZ".
Neste ano eu não quero sonhos, quero encontrar os meus amigos e dizer-lhes que a PAZ é necessária,
Mas que o AMOR deverá prevalecer em todos os corações.
Neste novo ano eu não quero sonhos, quero ver toda a humanidade num só ato solidário de combate à fome e toda espécie de desigualdades.
Neste novo ano eu não quero sonhos, quero olhar o mundo e acreditar que os seres humanos estão cansados de tanta guerra, de tanta corrupção, de tanta miséria.
Neste novo ano eu não quero sonhos, quero todas as crianças felizes, porque têm um lar normal, não são exploradas, seus folguedos são inocentes e receberão presentes juntos com abraços de emoção.
Neste novo ano, eu não quero sonhos, quero sair pelas ruas e sentir que toda a humanidade crê em Deus e comemora o início de um novo tempo.
Neste novo ano eu não quero sonhos, quero ver o sol nascer iluminando a mãe terra e cada ser humano acordando para lutar pela preservação das matas, dos rios, dos animais e de todas as espécies viventes.
Neste novo ano eu quero acordar e ver os seres humanos acreditando que a nossa vida é única, é a perpetuação do AMOR.

Neste novo ano eu quero a vida em toda a sua plenitude.

Pedro Paullo.
Postar um comentário