sábado, 1 de março de 2014

RENASCER DO PRÓPRIO SER.


O dia não morre, 
nada morre,
descansa apenas...
A vida, então, adormece
e reencontra-se no sono
em um mundo de sonhos.

Num instante os olhos se fecham...
Pois que morrer é adormecer
apenas para renascer
do próprio ser.

Texto: Pedro Paulo de Oliveira.

Imagem: Cássia Oliveira.
Postar um comentário